26 de jan de 2014

Honra a teu pai e a tua mãe

Olá, varões e varoas. Quanto tempo! Pois é, quase um ano, mas estou de volta, rsrss.

Semana passada aconteceu algo que me deixou muito triste e me fez perder o sono. Me fez meditar em como devemos honrar aqueles a quem devemos tudo, e nos amam infinitamente.

Não que eu seja uma filha exemplar, embora eu tenha melhorado muito depois da minha conversão, ainda estou longe de ser aquela filha que agrada ao Senhor; mas sigo buscando.

Honra a teu pai e a tua mãe, para que se prolonguem os teus dias na terra que o Senhor teu Deus te dá. (Êxodo 20:12)

Honrar é mais que amar, respeitar e obedecer; na verdade é tudo isto junto e muito mais.

É ter em alto grau de apreciação, é tratar com a máxima dignidade, é buscar ter um relacionamento com ausência de máculas; e fazer tudo isto com um sentimento de dever e subserviência.

Honra envolve estima, reverência e apoio. Significa dizer que nós devemos amar, respeitar tementemente, demonstrar profundo reconhecimento e devemos ser o sustentáculo, o auxílio, a proteção quando necessário.

Filho meu, guarda o mandamento de teu pai, e não deixes a lei da tua mãe; (Provérbios 6:20)

Nossos pais nos aconselham, ditam regras porque nos amam e querem sempre o melhor para nós.

Porque o mandamento é lâmpada, e a lei é luz; e as repreensões da correção são o caminho da vida, (Provérbios 6:23)

É a forma de nos disciplinar e proteger.

O que despreza a palavra perecerá, mas o que teme o mandamento será galardoado. (Provérbios 13:13)

Devemos nos submeter sempre, pois há tempo para tudo, e um dia responderemos por nós; mas ainda assim, nunca será tempo de descumprirmos um mandamento de Deus.

Graça e Paz!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixa a impressão que domina seu espírito saltar de si.