12 de mar de 2010

A Divina Comédia, de Dante Alighieri



Poema épico bastante extenso, A Divina Comédia é escrita em versos de terza rima em que o ritmo e a musicalidade são extremamente marcantes.

A terza rima foi inventada por Dante e, nela, cada terceto antecipa o som que irá ecoar duas vezes no terceto seguinte, o que dá uma impressão de movimento ao poema.

Ler A Divina Comédia é um processo desenfreado, os versos enlaçam-nos do primeiro ao último Canto.

O poema é bastante simétrico, composto de um canto introdutório e mais três livros que narram a viagem de Dante ao Inferno, Purgatório e Paraíso, após este achar-se perdido em uma selva escura.

Dante possui um modo indireto de representar suas idéias; sua obra é repleta de significados morais, refletindo os dramas que afligiram sua época.

Por ser muito crítico em seu conteúdo, Dante chamou sua obra de "Comédia". O adjetivo "Divina" foi acrescido mais tarde, dado a seu conteúdo religioso.

Em A Divina Comédia, aparecem o passado e o presente; a grandeza e a baixeza moral; história e mitos. A obra fala da conversão do pecador à Deus; de ciência, filosofia, teologia e política do tempo em que o autor viveu.

Dante descreve a si próprio como um homem virtuoso, digno da graça de Deus; e dá como prova cabal disto, o fato de caminhar pelo inferno e purgatório ainda em vida, até chegar ao paraíso onde encontrou com sua amada Beatriz.

Na obra, Dante manifesta de forma um tanto turva, tudo que flagelava sua alma: o exílio, a vontade de retornar a Florença de uma forma honrosa. Faz críticas sociopolíticas, e principalmente, fala de seu amor platônico por Beatriz.

A Divina Comédia imortaliza o amor real e espiritual de Dante por Beatriz. Seu foco principal é o amor como forma de elevação espiritual, isto fica demonstrado pela importância de Beatriz na obra.

Dante Alighieri: um homem virtuoso, solitário, resignado e sonhador.

9 de mar de 2010

Este post é para convidar a todos para acessar meu novo espaço: o Vide Direito.


Estudante do curso de Direito - pelo qual sou apaixonada principalmente pela área criminal, há algum tempo tenho pensado em criar um blog para comentar sobre variados temas da área; e um rapaz já bastante conhecido aqui, o Yuri Almeida, me incentivou a criar esse novo blog.

Aqui, no blog da Marcia Rodrigues, continuarei escrevendo ensaios literários, crônicas, poesias e escritos aleatórios.

No Vide Direito, pretendo participar minhas opiniões; favorecer reflexões; incitar debates sobre temas de Direito e animar os demais leitores a entender nosso complexo de leis; tirar dúvidas e também trazer notícias e informações relevantes.

Você que já acessa este blog, e está curioso para acessar o outro, eis o endereço: http://videdireito.blogspot.com/.

Acesse, comente, assine o feeds ... E aguarde. Novidades neste blog e no outro virão.

8 de mar de 2010

Dia Internacional da Mulher; saudação à mulher brasileira.


Na qualidade de mulher, neste dia, 8 de março, venho saudar a todas as mulheres brasileiras.

As grandes conquistas das mulheres implicaram em grandes sacrifícios, e lutas de mulheres de grande fibra, que assumiram multiplos deveres; pelejando por direitos dantes garantidos somente aos homens.

O desenvolvimento do país, em seus aspectos culturais e socioeconômicos influi no comportamento das mulheres e em suas conquistas.

A exemplo disto, temos como origem de todos as outras conquistas, a igualdade entre homens e mulheres firmada em nossa Constituição Federal, artigo 5º, inciso I. Tal garantia abre as portas para diversas conquistas.

Comemoremos, então, o fato da mulher ser hoje grande força ativa de trabalho, de eleitorado, de elegibilidade. Vamos comemorar o fato da mulher ser destaque nas profissões de direção, jurídicas, políticas; ter conquistado um espaço no mundo, no Brasil, espaço este que é cada vez maior.

Comemoremos o fato da consciência feminista ter crescido e estar expressando as vitórias em prol da isonomia, autonomia e dignidade humana da mulher. O fato de está havendo uma maior aceitação dessa nova mulher, livre de discriminações.

Mulher não é somente sinônimo de inteligência, trabalho, lutas, dinamismo, criatividade e sensibilidade feminina. Não esqueçamos que é também útero e coração, cálice de vida, sacerdotisa do lar.

Parabéns a você, mulher. Parabéns a todas nós!

4 de mar de 2010

Um lugar à beira-mar


Existe um lugar muito lindo...

uma rua e um mirante
um avarandado de cor branca
à beira-mar

de lá eu vejo as águas do mar
indo e vindo
num terno balanço
ou agitadas, como se tivessem pressa de existir
 

o sol refletido nas águas
deixa um rastro brilhante,
como o caminho das pedras amarelas

uma faixa de terra no meio do mar, imponente!
adoro informar que é uma península, gosto do nome.
e é realmente uma península

lá o horizonte não é só uma linha
pois o espírito dos que lá estão
é de gênio escritor
imaginam abismos, monstros marinhos, cidades submersas
mundos, vidas, lugares, músicas, sorrisos, soluções...

lá fico com meu amor, em silêncio
vendo o céu confundir-se com o mar
sentindo o vento no rosto
sentindo o cheiro da felicidade

olhando para a mesma direção
se não com os olhos da face
certamente com os olhos da alma

fazemos parte do cenário, como num quadro...
 
... como em La Promenade Sur La Falaise, de Monet
integrados ao lugar.