10 de fev de 2012

Seja Transformado

Olá, queridos!

Meditemos hoje em Romanos 12:1-2 :

"Rogo-vos, pois, irmãos, pela compaixão de Deus, que apresenteis os vossos corpos em sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional. E não sede conformados com este mundo, mas sede transformados pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus."

Sacrifício vivo vem ser aquele cujo corpo não está sob o domínio do pecado, pois o pecado opera a morte (Romanos 6:23). Sacrifício vivo é aquele cujo corpo é conservado em santificação e honra a Jesus, pois somente Cristo opera em nós a vida. Devemos viver em Cristo para apresentarmos a Deus um sacrifício vivo (Romanos 6:11).

Culto Racional é aquele feito conforme a razão, fundado no raciocínio. A pessoa dominada pela carnalidade, por seus instintos e desejos é como um animal irracional. Devemos procurar discernir o que é correto ou não diante de Deus, o que agrada ou não a Ele, e optar por fazer aquilo que O agrada. Devemos sempre fazer a vontade dEle em detrimento da nossa, visto que Ele é o nosso Deus e Senhor, e não nós mesmos.

Sede transformados pela renovação do vosso entendimento, isto quer dizer que, se alguém está em Cristo, nova Criatura é. Cristo é quem nos transforma, quem abre nosso entendimento, quem retira as escamas de nossos olhos (2 Co 5:17 e Lucas 24:45). Assim, nosso entendimento é renovado de forma tal que conseguimos compreender a vontade de Deus revelada nas escrituras.

A Boa, agradável e perfeita vontade de Deus é que todos os homens se salvem e venham ao conhecimento da verdade (1 Timóteo 2:4). E para isto precisamos renunciar aos padrões e valores do mundo, adequar-nos aos padrões e valores de Deus; os quais podemos encontrar em toda a Bíblia (Efésios 5:15-21).

Oremos e vigiemos para que sejamos verdadeiramente novas criaturas.

Graça e Paz!

9 de fev de 2012

Carne x Espírito


Olá, queridos!

Hoje falaremos sobre a grande batalha: Carne x Espírito.

"O que é nascido da carne é carne e o que é nascido do Espírito é espírito." (João 3:6)

"Porque, se viverdes segundo a carne, morrereis, mas, se pelo espírito mortificardes as obras do corpo, vivereis." (Romanos 8:13)

Para entendermos melhor precisamos primeiramente conceituar carne e Espírito.

Ao contrário do que pensamos, carne não significa corpo. Carne é a natureza humana, as nossas intenções, desejos e vontades. Corpo vem ser o instrumento da carne ou do Espírito, dependendo de quem vença a batalha.

Nota-se que Espírito está escrito com letra maiúscula, o que denota uma superioridade, uma autoridade, um poder maior, logo não se trata do espírito humano. Trata-se do Espírito de Deus, que passa a habitar em nós desde quando aceitamos a Cristo como Senhor e Salvador.

Sabemos que a inclinação da carne é inimizade contra Deus (Rm 8:7), que o Espírito nos conduz a fazer a vontade de Deus (Jo 16:7-8), e que a carne lutra contra o Espírito tentando dominar-nos (Gálatas 5:17).

Então, precisamos ser nascidos do Espírito e, além disto, precisamos viver no Espírito. Reconhecer que nosso querer está contaminado pelo pecado e viver na dependência de Deus, sujeitando o nosso querer à vontade dEle, pois o coração é enganoso e perverso mais que todas as coisas, e dele procedem os maus pensamentos (Mateus 15:9; Jeremias 17:9)

Se estamos crucificados com Cristo e Cristo vive em nós, devemos possuir nosso corpo em santificação e honra à Ele, fugindo da aparência do mal (1ts 4: 3-8; 1 Ts 5:22; Gálatas 2:20).

Desta forma, a carne não triunfará.

Graça e Paz!