19 de jun de 2010

São Luís, amada cidade feia e suja

Esta semana, ao trabalhar na rota fazendo meu serviço de sempre, me peguei observando bem mais que os endereços pelas ruas e avenidas de São Luís.

Observei tudo como se fosse a primeira vez, e me perdi em meus devaneios, constatando e pensando coisas.

Constatei que a cidade de São Luís nada tem de maravilhosa, é uma cidade feia, suja e sem a mínima infraestrutura.

Se há alguém que discorda, olhe e perceba!

As ruas esburacadas; os esgotos estourados; no lugar de calçadas, mato e terra; sujeira por todas as ruas; no lugar de casas, palafitas.

Pensei que olhando como se estivéssemos de fora, o que parece é que a cidade não tem um administrador, um governo. Pois é tudo ao Deus dará!

E sabendo dos problemas que não se vê passando nas ruas, como a falta d’água, a falta de tratamento de lixo e esgoto, a saúde precária e até a falta de áreas verdes para lazer (uma vez me perguntei por que os parques ambientais daqui são só uns cercados mal cuidados. Será que o único que presta é o da Vale?); pensei que olhando como moradora seja extremamente vergonhoso.

A verdade em que meu rio de pensamentos desembocou foi a de que nosso voto não é arma coisa nenhuma. Que seja quem for o governante não faz nada para mudar este cenário hediondo e que só nos resta ficar conformados ou revoltados com nossa triste realidade.

Isto por que em trinta e poucos anos houve algumas mudanças em São Luís, mas nada relacionado ao citado a cima. Criaram-se shoppings, litorânea, lagoa, mas o esgoto ainda corre a céu aberto em todos estes lugares.

Como alguém pode ter como primordial o lazer em detrimento da saúde e infraestrutura? Assim são os nossos governantes!

Penso que deveriam preocupar-se primeiro com as obras de primeira necessidade: infraestrutura, saúde, água e luz para todos e etc.

São Luís é minha cidade; nasci, cresci e pretendo continuar morando aqui, mas meus olhos a veem deste jeito. Apenas o meu eu lírico vê São Luís como na foto deste post.

Com tudo isso, talvez a minha maior descoberta tenho sido a de que sou capaz de afeiçoar-me ao feio e ao sujo.

16 de jun de 2010

Primeiro Salão de Artes Plásticas de São Luís

Em maio deste ano foi aberto o Primeiro Salão de Artes Plásticas de São Luís, que funcionará até dia 25 de junho.

Bela iniciativa! Oportunidade de revelar velhos e novos nomes da arte plástica no Maranhão.

Um verdadeiro pontapé na Cultura ludovicense, com direito a conferência de arte contemporânea e tudo; a ser realizada nesta sexta-feira, dia 18 de junho, às 17h.

Participam da conferência o crítico Thiago Mesquita (SP) e o artista plástico José Patrício (PE).

Torço para que venha a ser no mínimo, uma espécie de ruptura com as artes tradicionais e uma abertura às novas linguagens artísticas.

Que o Primeiro Salão de Artes Plásticas de São Luís venha incitar novas gerações de artistas e de público.

Lifehouse - Everything

Este vídeo - Lifehouse - Everything - me foi enviado no momento certo, e me tocou...

Deus usou inúmeras pessoas para chegar a mim. Já testemunhei muitos milagres, principalmente em minha própria vida.

Assistam até o final e irão se surpreender.



Perfeito! Este vídeo ilustra com excelência como um pecado leva ao outro; como nos deixamos levar pelas circunstâncias, aí quando percebemos já fomos longe, bem longe.

Mas não importa quão longe fomos, se quisermos podemos corrigir nossos erros.

É uma questão de escolha. Jesus já fez sua escolha, e foi por nós. Só nos resta fazermos a nossa escolha.

Escolher a Jesus!

15 de jun de 2010

Copa do Mundo, torneio mundial de futebol masculino

Não sou amante de futebol, torço pelo flamengo só para ter por quem torcer nos campeonatos brasileiros, mas nem assisto aos jogos, heheh. E é claro, torço pelo Brasil na Copa do Mundo, assistindo aos jogos sempre que posso.

Como em todo lugar só se fala em Copa do Mundo, e principalmente hoje, dia de jogo do Brasil, fiquei tentada a escrever um poco a respeito.

Já fui uma daquelas pessoas que acham futebol e Copa do Mundo um grande besteirol. Não entendia aquele bando de homens correndo atrás de uma bola para colocá-la num determinado lugar e gritar: Gooooool!!!.

Hoje porém, tenho conceitos totalmente diferentes de outrora.

Vejo o futebol como um belo esporte, muito embora para alguns seja uma espécie de super prêmio da mega-sena. E acredito sinceramente na Copa do Mundo como uma oportunidade de interação entre as nações.

Não se trata só de competição; é bem mais que isto. É oportunidade de conhecimento, de influências recíprocas; é momento de harmonia entre os povos.

A Copa é um evento de proporções gigantescas. Como é esperado, o mundo inteiro se mobiliza para ver os jogos; a mídia de todos os paízes se volta para o país sede.

Vinte anos após a segregação racial, a Africa do Sul sedia uma Copa do Mundo. É a primeira vez que o continente africano sedia uma Copa.

Torço para que o evento traga efeitos positivos na economia, turismo, infra-estrutura; no cenário social como um todo, pois reconheço ali um exemplo de extrema superação.

Hoje às 15h:30min é o primeiro jogo do Brasil pela Copa: Brasil x Coréia do Norte.

Sou brasileira com muito orgulho e com muito amor, e hoje é um daqueles dias que eu posso e vou assistir ao jogo.

Quem sabe este não será o HEXA e de quebra ainda vamos trazer a Chuteira de ouro, a Bola de ouro e o prêmio Yashin - prêmios de melhor artilheiro, melhor jogador e melhor goleiro, hhihi. A esperança não morre!

Bom jogo e boa Copa!

14 de jun de 2010

O Mundo de Sofia - Jostein Gaarder

O Mundo de Sofia é uma envolvente viagem pela história da filosofia.


Jostein Gaarder escreve de forma talentosa este romance; com linguagem voltada para adolescentes, visando uma maneira menos enfadonha de ministrar lições de filosofia.


A obra leva o leitor a conhecer vida e teorias de gênios como Demócrito, Darwin, Sócrates, Platão, Aristóteles, Tomás de Aquino, René Descartes, Spinoza, Marx, Hegel e outros.


Sofia, uma estudante de 14 anos, é a personagem principal e tem, logo no início do livro, a vida transformada por correspondências anônimas.


Por meio dessa comunicação misteriosa, Sofia se torna estudante de filosofia, e é estimulada pelo filósofo Alberto Knox a fazer indagações a respeito de tudo, procurando entender o mundo em que vive.


De forma extremamente didática, o autor aborda as questões existênciais estudadas pelos maiores pensadores de todos os tempos: Deus, Universo, Homem, Sociedade.


Ao final o autor faz com que os personagens tomem consciência de sua condição de pensonagens do livro O Mundo de Sofia, que foi dado de presente à jovem Hilde. Então Sofia e Alberto são capazes de transpor os limites de sua própria realidade.


Deveras, em O Mundo de Sofia, aprende-se filosofia de uma forma prazerosa, sem nem se dar conta. É uma leitura gostosa e de fácil compreensão, o enredo envolve de uma forma incomum para um livro sobre filosofia; atiça a curiosidade e produz uma sede de conhecimento.


O Mundo de Sofia é realmente uma obra misteriosa, envolvente e fascinate!

13 de jun de 2010

Casamento honrado por Jesus


Ai, ai... o casamento!

O casamento tem como objeto primordial a união legítima de um homem e uma mulher. O casamento tem origem divina - Gn 1:27 e 2:18-24.

Jesus quando na Terra honrou uma festa de casamento com sua presença (João 2:1-12) e hoje vivo para que isto aconteça em meu casamento com o Yuri Almeida.

Homem e mulher se unirão e passarão a ser uma só carne, por meio de uma aliança eterna feita diante de Deus.

Sei que sou a varoa daquele varão. Deus nos fez um para o outro e providenciou nosso encontro. 

Sei que nossa união é segundo a vontade de Deus, e me orgulho muito disto. Amo saber que faço parte de algo tão lindo! 

Jesus é o convidado de honra de meu casamento, e creio que Ele estará presente; temos vivido para isto. Porque a palavra de Deus diz: "se ouvires a voz de Deus e guardares os seus mandamentos, Ele te exaltará e te honrará".

Serei aquela que lhe auxilia e lhe corresponde, meu amado!