10 de set de 2012

Sobre a União Cristã

Olá, queridos!?

Hoje Deus me deu como Palavra do dia para meditação o seguinte trecho da Bíblia:

"Rogo-vos, porém, irmãos, pelo nome de nosso Senhor Jesus Cristo, que digais todos uma mesma coisa, e que não haja entre vós dissensões; antes sejais unidos em um mesmo pensamento e em um mesmo parecer. Porque a respeito de vós, irmãos meus, me foi comunicado pelos da família de Cloé que há contendas entre vós. Quero dizer com isto, que cada um de vós diz: Eu sou de Paulo, e eu de Apolo, e eu de Cefas, e eu de Cristo. Está Cristo dividido? foi Paulo crucificado por vós? ou fostes vós batizados em nome de Paulo?"
(I Coríntios 1:10-13)

Entendi que nessa passagem somos exortamos a viver em união, visto que somos corpo de Cristo e como seus membros não devemos estar divididos (I Co 12:25), pois, Cristo não está dividido.

E para que haja união devemos nos lembrar que somos cristãos, devemos buscar alcançar os frutos do Espírito (Gl 5:22) - marca do verdadeiro cristão - de forma a amar o irmão, a agir com mansidão, a não agir motivado pela ira; de forma a dar sempre, a todo momento testemunho de quem somos - servos do Deus vivo.

Não devemos ser partidaristas e dividir-nos em facções dentro do corpo de Cristo, defendendo posicionamentos próprios, firmados em nossa própria vontade, em nossos próprios desejos.

Devemos sim fazer a vontade de Deus, ser unânimes em defender o evangelho (Fp 1:17), rejeitar o que é errado, andar nas veredas da retidão, guardando os estatutos e mandamentos do Senhor por amor a Ele(Sl 25:8; Sl 119:1).

Que sejamos todos irmãos unidos em Cristo e andemos em um só pensamento: honrar a Jesus com a nossa vida.

"Portanto, se há algum conforto em Cristo, se alguma consolação de amor, se alguma comunhão no Espírito, se alguns entranháveis afetos e compaixões, Completai o meu gozo, para que sintais o mesmo, tendo o mesmo amor, o mesmo ânimo, sentindo uma mesma coisa. Nada façais por contenda ou por vanglória, mas por humildade; cada um considere os outros superiores a si mesmo. Não atente cada um para o que é propriamente seu, mas cada qual também para o que é dos outros. De sorte que haja em vós o mesmo sentimento que houve também em Cristo Jesus, Que, sendo em forma de Deus, não teve por usurpação ser igual a Deus, Mas esvaziou-se a si mesmo, tomando a forma de servo, fazendo-se semelhante aos homens; E, achado na forma de homem, humilhou-se a si mesmo, sendo obediente até à morte, e morte de cruz." (Filipenses 2:1-8)

Graça e Paz!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixa a impressão que domina seu espírito saltar de si.