16 de fev de 2011

Corte, um relacionamento santo



Corte é o relacionamento santo entre homem e mulher adultos com o fim de casamento. É a inexistência completa de qualquer contato físico que leve à impureza. "Que cada um de vós saiba possuir o seu vaso em santificação e honra; Não na paixão da concupiscência, como os gentios, que não conhecem a Deus" (1Ts 4:4-5). “Segui a paz com todos e a santificação, sem a qual ninguém verá a Deus” (Hb 12.14)

É uma amizade comprometida com um futuro casamento debaixo da bênção, acompanhamento e permissão de Deus, dos líderes espirituais e dos pais do casal.

Enquanto não chega-se a fase adulta e não há o casamento, deve-se estar separando-se, santificando-se para Deus, individualmente; buscando uma maior intimidade com Ele. "Foge também das paixões da mocidade; e segue a justiça, a fé, o amor, e a paz com os que, com um coração puro, invocam o Senhor" (2Tm 2:22).

Reconheço a corte como uma vereda antiga. "Vede e perguntai pelas veredas antigas, qual é o bom caminho. Andai por ele e achareis descanso para as vossas almas" (Jr 6:16). Outrora, usava-se a corte, e, ao longo dos anos, por uma investida do inimigo, esta foi sendo deturpada até se transformar, ao século XX, no namoro conhecido nos dias atuais.

Acredito na corte como um caminho que acha graça ao olhos de Deus, porque é uma forma de guardarmos nosso corpo em santificação e honra. E de seguirmos a forma correta de relacionamento, que seria a seguinte: a corte como um período de tempo e não como um estágio de relacionamento; tempo para que os pais e os líderes abençoem o casal e depois disto se prepare o noivado, logo seguido do casamento. 

Isto porque subtende-se que você tenha orado a Deus por alguém que você conheça, porque não é inteligente que você ore pedindo bênção e confirmação para casar com alguém que você não conheça a índole, daí não ser a corte uma fase de um relacioamento para se conhecer alguém.

Se você faz parte de uma igreja que professa a corte como relacionamento de Deus, entre homens e mulheres, e, ainda assim, namora, você está cometendo o pecado de transgressão, pois a Palavra de Deus deixa bem claro que você deve obediência e honra a seus líderes e sujeição às autoridades, visto que toda autoridade é dada por Deus (Hb13:17 e Rm 13:1).

E sendo nós conhecedores da verdade, sabemos que o salário do pecado é a morte, posto que todo aquele que pecar contra Deus será riscado do livro da vida. (Rm 6:23 e Ex 32:33).

7 comentários:

  1. Isso parece muito puro, mas analise melhor. Na corte, uma das partes pode desistir no namoro - depis de conhecer as emoções, defeitos, interesses etc da outra, deixando-a pra baixo, já que houve tempo e relação afetiva suficiente para o apego. Isso não passa de ua substituição do sexo carnal pelo sexo emocional (que deixa marcas muito mais profundas). Por que não fazer como o servo de Abraão quando foi buscar uma esposa para Isaque? Por que não consultar a Deus (que tudo sabe) antes da aparentemente inofenciva corta?

    Abraço,
    Josué
    @editora livrinho.

    ResponderExcluir
  2. Caro, Pregador!

    Santificação não resume-se ao deixar de fazer sexo, é muito mais que isto. E essa sua teoria de sexo emocional, realmente não me parece coerente.

    A consulta a Deus é o que se deve fazer primeiro em tudo em nossas vidas, inclusive nos relacionamentos afetivos; e deve acontecer antes do início da corte.

    Quem parte para um relacionamento, depois o termina e diz que houve corte nesse relacionamento, mentiu.

    Não entendo seu comentário, ao que me parece você não leu o post, ou não o entendeu.

    Se no início você fala que lhe pareceu muito puro, então porque pediu em seguida para que eu analise melhor? Se a idéia da corte é de pureza, então qual a relação que esta tem com o sexo, seja carnal ou emocional?

    Obrigada pela participação!

    ResponderExcluir
  3. Sou da Videira de SP, e sempre amei a visão da corte, realmente é muito radical, santo, puro e agrada ao coração de Deus, eu tenho certeza disso.Decidi esperar e viver o melhor de Deus para minha vida. Conheci muita gente santa e apaixonada por Deus que decidiu honrá-lo comprometendo-se a andar em santidade e hoje vivem casamentos santos e abençoados.
    Vale à pena pagar o preço, eu tenho convicção disso.Quem não paga o preço antes,paga depois.
    Leiam corte X namoro do Pr. Naor Pedrosa e decidam hoje esperar pelo melhor de Deus.
    Deus os abençõe.

    ResponderExcluir
  4. Boa noite,Deus te me chamado e direcionado para viver seus principios, Um dia decidi não viver a minha maneira mais a maneira de Deus,e ele tem me mostrado o seu jeito de ver os relacionamentos. Está me ensinando sobre o relacionamento inteligente, e tenho desejo de aprender e me aprofundar cada vez mais nessa visão, pois tenho certeza que é o melhor de Deus pra nós, e vai ser em nome de Jesus uma visão que vai acabar com a distruição que satanas tem feito na vida de muitos jovens através dessa área. Gostaria de pedir que me enviasse se possivel materias e indicaçoes. Meu nome é leonardo,Sou do Ministério Revivendo em Cristo (Igreja da Visão Celular na Visão do MDA) em Maricá-RJ.

    Email: leonardo_operacional@hotmail.com

    ResponderExcluir
  5. o namoro começa no corpo e na carne-tesão, vai para o emocional almático, jamais chegando no espírito; a corte começa no espírito, através da oração e Jejum, desce para a alma com a afetividade e depois no casamento envolve-se no sexo e toque, que no casamento é santo e agradável ao Senhor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. discordo.
      sexo é um desejo de nos humanos, e nossa alma está controlando essa ''carne'' todo desejo que não fizer mal a ninguem,inclusive a você.
      Deve ser repensado.
      Sexo não faz mal.
      Casamento é apenas um simbolismo para dizer o que somente o casal pode dizer um ao outro.... ''eu te amo''

      Excluir
  6. o pecado é o mal, o bem é deus

    Transar faz mal? em que sentido...
    pessoas estão morrendo, estão sendo feridas, e sexo não é lá um bicho de sete cabeças..
    as pessoas precisam pensar mais.
    Sexo não faz mal...

    Então como que fica o seu pensamento?

    ResponderExcluir

Deixa a impressão que domina seu espírito saltar de si.